Saque aniversário do FGTS deve reduzir o custo do crédito

S

A Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia (SPE/ME) publicou, na quarta-feira (8/1), a nota informativa “os resultados do novo FGTS”.  O texto destaca que o saque aniversário deve expandir o mercado de crédito, ao permitir que os recebíveis sejam utilizados como garantia pelos trabalhadores.

Com base na nota, os recebíveis são uma garantia com risco zero, o que deve reduzir as taxas de juros e, consequentemente, o custo do crédito.  “Pela primeira vez na história, uma parcela muito grande da população passará a ter acesso a crédito barato. Os empregados do setor formal poderão obter empréstimos a juros mais baixos do que qualquer outro disponível no mercado”, destacou o subsecretário de Política Macroeconômica, Vladimir Kuhl Teles.

Além disso, a nota expõe que, ao se considerar apenas os saldos das contas dos trabalhadores que migraram para o saque aniversário até 31 de dezembro de 2019, o crédito pode ser expandido em cerca de R$ 11 bilhões, o que representa um crescimento de quase 50% no crédito consignado privado atual. A expansão poderá ser maior à medida que mais trabalhadores formalizem a adesão à nova modalidade.

Para saber mais, clique aqui.

Comentar

Por Elo Consultoria